Como amarrar o cadarço do tênis pra correr?

Fórmula Atlética      domingo, 30 de abril de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Os corredores sabem, a escolha do tênis correto é o primeiro passo para para que o ato de correr seja realizado de forma confortável. 
Além das preocupações normais de uma prova com postura, hidratação, percurso, alimentação, tempo… exite um detalhe  muito simples, mas importantíssimo: o amarrar dos tênis de corrida. 
Por isso, confira algumas maneiras de amarrar o tênis de corrida corretamente e lembre-se de ter atenção a esse detalhe no futuro:

 
Como amarrar o cadarço?

Pode até parecer algo simples e banal, mas a forma de amarrar o cadarço requer uma boa dose de observação e cuidado, pois a pressão dos cadarços sobre o pé pode dificultar a circulação sanguínea, causar dor e prejudicar o desempenho da sua caminhada ou corrida.

Um tênis mal amarrado ou folgado, pode fazer com que seu pé ficque inchado ou com movimentos excessivos de vai e volta escorregando repetidas vezes, pode causar bolhas, asssaduras e até perda de unhas. Um detalhe que pode auxiliar nesse problema é usar aqueles dois últimos furos do tênis, que você com corteza já se perguntou pra que servem.

Os dois furos do tênis mais próximos ao seu tornozelo, são para dar mais firmeza junto ao seu pé, prendendo o tênis ao calcanhar com mais precisão sem a necessidade de apertar excessivamente a parte superior do pé.
 

euatleta info cadarço do tênis (Foto: Editoria de Arte / GLOBOESPORTE.COM)
 
Fique atento aos detalhes, eles poderão fazer  a diferença na sua corrida! Esses tipos de amarrações são as mais comuns, evitando alguns problemas do dia a dia de quem corre.
 
 
1. Zigue-zague: o zigue-zague é indicado para tênis de corrida que ficam largos no calcanhar. Com essa amarração, o tênis ficará bem firme na parte de trás do pé.
 
2. Paralelo tradicional: essa amarração levanta a ponta do tênis e ajuda a melhorar problemas como calos, sangramentos, dedos em martelo ou complicações nas unhas.
 
3. Paralelo para pés cavos: ideal para quem quer tirar a pressão que os cadarços fazem em cima do pé e possui o pé cavo.
 
4. Duplo zigue-zague: serve para que possa soltar ou apertar o cadarço na parte que você desejar, fazendo que o incômodo localizado seja solucionado. Ideal para quem tem a planta do pé larga e o calcanhar estreito.
 
5. Paralelo com zigue-zague: ideal para aliviar a pressão no peito do pé, causando menos dor durante a corrida.
 

Escolha qual a amarração combina mais com você, com seu tipo de pé e BONS TREINOS!

Lembre-se antes de iniciar atividade física, procure um médico e um profissional de EducaçãoFísica.

 

Comentários